PostHeaderIcon Educação empreendedora

Esperando para ser aprovado no Senado, existe um projeto de lei  para criar uma matéria chamada “educação financeira”, obrigatória para o ensino médio e o ensino fundamental. Segundo a senadora Nilmar Ruiz (TO), “o trâmite dessa matéria precisa ser mais rápido, para que possamos promover nas escolas a concepção de que é necessário saber usar e poupar o dinheiro para ter saúde financeira e viver com tranqüilidade”.

Mais importante do que uma “educação financeira”, o vivencionismo conta com uma educação empreendedora: as crianças não só aprendem a usar e poupar o dinheiro como também desenvolvem, desde cedo, seus próprios empreendimentos.

Desde o planejamento de um passeio até a criação de um mercado ou venda de doces, as crianças escolhem o que desejam fazer e decidem os caminhos que usarão para atingir esse objetivo. O sucesso desse empreendimento depende da dedicação e das escolhas das crianças.

Se a educação para o empreendedorismo começa desde cedo, ainda na infância, essas crianças saberão aplicar de forma mais precisa esses conceitos durante a vida adulta, assim tendo maior facilidade na busca pelos próprios sonhos.

One Response to “Educação empreendedora”

Leave a Reply