PostHeaderIcon Motive seus alunos

No momento em que começo a escrever essa coluna são 21h30. Aqui do conforto da minha casa acabo de participar de um webinar sobre educação com uma simpática palestrante australiana. Para quem ainda não conhece, webinars são seminários, palestras ou treinamentos, inteiramente conduzidos on-line, com áudio, vídeo e uma série de interessantes ferramentas de interação. Entre os participantes estavam educadores de todo o mundo, especialmente da Austrália e dos Estados Unidos.

Mas o que isso tem a ver com motivação de alunos? Bem, a palestrante deixou o público escolher o tema, e em uma inteligente votação, foi segmentando os temas sugeridos, até que democraticamente escolhemos, conforme orientado pela palestrante, qual o assunto que mais nos despertava o interesse na condução do ensino e da rotina em sala. Sabe qual foi o tema escolhido, tendo a esmagadora maioria dos votos? Como motivar os alunos.

Então em um debate acalorado, surgiram diversas sugestões, de projetos ao uso de substâncias ilegais. Mas analisando com cuidado as sugestões, o que ficou mais claro é que não se sabe como motivar os alunos.

Impressionante! Até mesmo nações ricas e avançadas como os Estados Unidos ainda engatinham na hora de despertar o interesse do aluno pelo conteúdo. Sugestões como o uso de jogos, recompensas, punições e regras de conduta, ainda é o melhor que se consegue em um evento on-line reunindo educadores de diversas partes do mundo desenvolvido.

Em uma era em que se participa de uma palestra on-line transmitida do outro lado do mundo, sentado confortavelmente na poltrona de casa, vestindo qualquer coisa que se usa em casa e sem pagar um centavo, não se pode aplicar o mesmo pensamento de um século atrás na hora de tentar “ganhar” os alunos. Eles já vivem nessa era das webinars, twitter, redes sociais, e tudo mais, os educadores, não!

Não defendo aqui o uso da tecnologia, até porque acredito que a tecnologia em sala de aula é consequência de um pensamento maior, mais abrangente. De nada adianta ter a tecnologia se o pensamento não evolui com ela.

Você quer motivar seus alunos? Pense como eles!

A tarefa não é nada fácil. Mas é preciso parar de ensinar e começar a aprender. O aluno não é mais o mesmo, ele não é mais passivo, embora as escolas ainda insistam em colocá-lo nessa posição, o que agrava a desmotivação. Hoje o aluno precisa “querer fazer” e “aprender para fazer”. Veja os alunos na era da internet (ou das webinars). Eles resolvem todos os seus problemas sozinhos, buscando informações em sites, fóruns, blogs. Um aluno com esse poder de realização não pode mais ser comandado, ele precisa ser desafiado dentro de seus próprios interesses.

Professores, desconstruam seus conceitos e reaprendam a ensinar. O seu aluno mudou.

Marcelo Rodrigues
www.vivencionismo.com.br
www.escoladomax.com.br

5 Responses to “Motive seus alunos”

  • Daniela says:

    Olá! vim parabenizar o conteudo deste blog!
    Sei que ainda existem muitas barreiras em relação a forma de se fazer educação. Entretanto, se buscarmos juntos acompanhar uma educação baseada na vivencia dos paradigmas de educação apontados como prática revolucionária,(o que concerteza não é facil devido a muita resistencia, até mesmo na escola)mas que com união, democratização, e muito dialogo entre a comunidade escolar, concerteza será possivel estabelecer cada vez mais essas atitudes em mestres e gestores.

    A EDUCAÇÃO SE FAZ COM UNIÃO, E MUITO, MUITO AMOR PELA EDUCAÇÃO E PELO ALUNO!

    PARABÉNS PELO SUCESSO!!

  • Fátima Dias says:

    Olá!…
    A matéria está super interessante e você tem toda razão que temos que desafiar os nossos alunos porque eles mudaram e nos também temos qu mudar.Parabéns e muito sucesso!!!!

  • Marcelo says:

    Olá Fátima e Daniela,

    Muito obrigada pelos parabéns. Vocês já entraram no site http://www.vivencionismo.com.br para ver maiores detalhes da pedagogia?

    Abraços,

Leave a Reply