PostHeaderIcon Com criança pode?

A criança esta manipulando um vidro colorido de perfume. Sua curiosidade é grande, já que nunca havia segurado um objeto assim antes, afinal esta perto de completar apenas 3 anos. A mãe que acabou de se arrumar, apressada e na afobação, toma o objeto das mãos da criança, devolvendo à prateleira e diz: “Filhinho, a mamãe está com pressa!”. A criança sai arrastada pela mãe, que não sente culpa, afinal ela até o chamou pelo diminutivo.

Essa mesma mãe, ao tentar explicar certos detalhes em um contrato ao seu chefe, um importante e atarefado advogado, foi supreendida com seu ato de indelicadeza, pois arrancando o contrato de suas mãos, disse em tom duro: “Menina, não tenho tempo para detalhes menores, me passe logo esse documento e deixa que eu converso com o cliente”.

Qual a diferença entre as duas situações?

Marcelo Rodrigues
www.escoladomax.com.br
www.vivencionismo.com.br

Leave a Reply